Psicologia

03/10/2017 às 17:00

Os níveis de BDNF podem variar em pessoas com depressão e tentativas anteriores de suicídio?

Depressão e ideação suicida são fatores que atingem milhares de pessoas todos os anos. Estudos mostram que suicídio é uma das principais causas de morte de pessoas entre 15 e 45 anos. Por isso, um estudo publicado por Fernanda Moreira e colaboradores no prestigioso jornal científico Psychiatry Research procurou entender diferenças no BDNF de pessoas com depressão e tentativas anteriores de suicídio.

O BDNF (Brain-derived neurotrophic fator / Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro) pode ser entendido como uma substância presente em todos os seres humanos, responsável por ajudar diversas reações nos neurônios, especialmente as relacionadas com sua sobrevivência e com a formação de novos neurônios. Também ajuda na ativação de diversas áreas importantes do cérebro, como aquelas relacionadas a memória, aprendizado e pensamento, por exemplo.

O estudo contou com a participação de 1380 participantes, homens e mulheres, realizado entre os anos de 2011 e 2012 na cidade de Pelotas. Destes, 147 foram selecionados e divididos em três grupos de 49 pessoas: O primeiro, de pessoas sem transtorno mental; o segundo composto por pessoas unicamente com depressão sem histórico de tentativa de suicídio; e um último grupo de pessoas com depressão e tentativa anterior de suicídio.

Como resultados, se descobriu que pessoas com depressão e depressão com tentativa anterior de suicídio possuem níveis significantemente menores de BDNF do que em pessoas saudáveis, confirmando que pessoas que sofrem do transtorno podem ter diversos prejuízos cerebrais durante a vida. Assim, o BDNF se apresentou como marcador biológico da depressão na amostra estudada e não da tentativa de suicídio.

No mês passado, o Ministério da Saúde promoveu a campanha Setembro Amarelo de Prevenção ao Suicídio, com o objetivo de reduzir a ideação suicida da população. A campanha divulgou diversas informações a promoveu diversas ações preventivas nos municípios. Você pode obter mais informações neste link: http://www.setembroamarelo.org.br/.

Caso você acredite possuir sintomas depressivos ou ideação suicida (qualquer vontade de fazer mal a si próprio), recomendamos que procure a Unidade Básica de Saúde (Posto de Saúde) da sua região, ou o Campus de Saúde da UCPel, no endereço Av. Fernando Osório, 1586. 


Por Núcleo Web

Tags: depressao

Contato

(53) 2128-8216


Universidade Católica de Pelotas
Rua Félix da Cunha, 412
CEP: 96010-000
Pelotas - RS - Brasil
Fone: + 55 (53) 2128-80000

Desenvolvido por Núcleo Web - Assessoria de Comunicação e Marketing UCPel