Programa Ser Saudável promove ação no Dia de Combate ao Fumo


918  24 de agosto de 2021

“O meu cigarro te afeta?”, é a pergunta chave da nova ação do programa de extensão Ser Saudável da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). No próximo domingo(29), dia Nacional de Combate ao Fumo, alunos e professores de cursos da saúde da Católica irão realizar mais uma ação junto à comunidade. O material com QRCode que dá acesso a conteúdo informativo sobre os malefícios do hábito de fumar será disponibilizado à população no Parque Una, das 15h às 18h.

A exemplo da ação realizada nos pontos de vacinação contra a Covid-19, em que foram afixados cartazes com o código que leva para o blog do Ser Saudável com respostas para dúvidas sobre a imunização, dessa vez o tema abordado é o tabagismo e suas consequências para a saúde. Ao posicionar a câmera do celular em frente ao código, o usuário acessa o site  e ao clicar em “botões digitais” pode ler o conteúdo criado pelos estudantes de Enfermagem, Medicina, Psicologia, Odontologia e Farmácia que integram o programa de extensão da UCPel. “Eles podem se informar sobre ser ou não um fumante passivo, como e onde procurar ajuda para parar de fumar, síndrome de abstinência e até como evitar recaídas, caso estejam tentando parar com vício”, explica Rafaella Zanetti, aluna da Medicina. 

Nada de fake news

Para criar o conteúdo informativo, os alunos se certificaram da autenticidade da informação utilizada, além do material ter sido revisado por professores. Em cada conteúdo foi colocada, destaca Rafaella, a fonte que inspirou o texto para que as pessoas acessem e comprovem a veracidade do que acabaram de ler.

Aproximação entre academia e comunidade

Segundo a coordenadora do programa, professora Isabel Arrieira, a proposta é realizar uma ação capaz de educar para a saúde e prevenir a doença. Ela ainda salienta que a participação dos alunos na elaboração e na ação junto à comunidade é uma excelente oportunidade de aproximação entre a academia e a sociedade, cumprindo com o objetivo da extensão da UCPel. “Aproximar-se das pessoas, trocar saberes, afetos, conhecer a realidade para exercer a profissão com cidadania, ciência e humanização”, conclui ao convidar a comunidade a usar o QRCOde e acessar o conteúdo de “O meu cigarro te afeta?”.

Redação: Alessandra Senna