Até outubro deste ano o Campus Dr. Franklin Olivé Leite (Campus Saúde) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) contará com um novo prédio que abrigará consultórios médicos. A obra, em andamento, prevê a construção de 34 salas dedicadas ao atendimento de especialidades como Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Oftalmologia e Otorrinolaringologia.    

Elaborado pelo Escritório Modelo de Arquitetura e Engenharia (EMEA) da Católica, o projeto atende às necessidades de cada especialidade e suas peculiaridades, além de contar também com ambientes de apoio, área de recepção e espera para os pacientes, salas de utilidades e banheiros. Segundo a arquiteta do EMEA, Luciane Cardoso, a obra está na fase estrutural de concretagem de pilares e marcação de alvenaria. Além do novo prédio também ocorre a requalificação da estrutura que já existia no local. “Esse projeto caracteriza-se pela integração entre um prédio existente e uma nova construção de modo a otimizar além de espaços, tempo e investimentos”, explica a arquiteta.

A obra em números

A ampliação dos consultórios do Campus Saúde da Católica de Pelotas deve resultar em uma área construída de cerca de 1.200 metros quadrados. O projeto prevê:

  • 16 consultórios para Ginecologia e Obstetrícia;
  • 16 consultórios para Pediatria;
  •  1 consultório para Oftalmologia;
  •  1 consultório para Otorrinolaringologia;
  •  2 salas de professores; 
  •  5 salas de estudos.

Alunos e pacientes

Para a coordenadora do curso de Medicina, professora Regina Bosembecker, a ampliação dos consultórios permite aumentar os atendimentos à população, o que possibilita ao aluno ter uma maior e melhor experiência prática. Segundo ela, mais pessoas poderão ser ajudadas e mais patologias conhecidas e tratadas. “A ampliação das salas de estudos facilita a discussão desses casos, a busca por material científico atualizado e melhor resultado para os pacientes. É  fundamental ter sempre em mente que o benefício é para todos: alunos e pacientes”, conclui a docente da Católica de Pelotas.

A construção dos novos consultórios no Campus Saúde também faz parte do Projeto Medicina UCPel. A iniciativa prevê investimentos em diversas áreas até 2023, ano em que a Medicina passará a contar com um total de  1.080 alunos. 

 

Redação: Alessandra Senna