Grupo da UCPel reforça importância do vínculo entre cuidador e bebê


918  30 de julho de 2019

O projeto de extensão Atenção Odontológica nos Primeiros Mil Dias de Vida gerou mais um fruto. Criado com a proposta de promover o vínculo entre cuidador e bebê, o grupo Aconchego será lançado durante a programação do Agosto Dourado (mês de promoção ao aleitamento materno) e conta com a atuação de professores de diferentes áreas do conhecimento da Universidade Católica de Pelotas (UCPel).

Por meio de palestras voltadas à comunidade e capacitações para profissionais, o grupo busca dar suporte e auxiliar mães, pais ou cuidadores em geral a respeito da rotina com um bebê. Promover a afinidade, seja através da amamentação ou do simples contato com a criança, é um dos principais objetivos do Aconchego. “As pessoas têm muitas dúvidas nessa fase. Queremos oferecer uma rede de apoio, um espaço em que elas possam buscar auxílio”, explica a docente do curso de Odontologia da UCPel, Luísa de Oliveira.

A professora, que coordena o projeto de extensão de Atenção Odontológica, lembra que esse vínculo não precisa ser especificamente com a mãe, visto que em alguns casos são outras pessoas que passam a maior parte do tempo com os bebês. Da mesma forma, não deve ser relacionado somente à amamentação. “Algumas mulheres não conseguem ou não querem amamentar e isso não significa que elas não terão vínculo com os filhos. A relação entre a criança e a mãe, pai ou cuidador vai muito além”, afirma.

Além do curso de Odontologia, o Aconchego conta com a colaboração de outras graduações da UCPel, como Design de Moda, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Enfermagem e Farmácia. Além disso, estão envolvidos o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e o Mestrado Profissional em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente (MPSMCA), representados por professores e acadêmicos.

 

Primeiras atividades

As primeiras ações do grupo Aconchego serão realizadas durante o Agosto Dourado. Além de palestras sobre amamentação e colo, o grupo doará slings a usuários da UBS Py Crespo. O acessório, confeccionado em tecido, é utilizado para carregar o bebê próximo ao corpo.

As peças serão produzidas pelos acadêmicos do curso de Design de Moda da UCPel. Anualmente, a graduação desenvolve no mês de outubro uma atividade social através do projeto Moda para Todos. Conforme a coordenadora do curso, professora Ana Luíza Timm Soares, o projeto foi antecipado para integrar o Agosto Dourado.  “Os alunos gostam muito dessas atividades que envolvem a comunidade”, conta.  

Ao incentivar o uso dos sling, o grupo Aconchego busca facilitar a amamentação em livre demanda e empoderar as mulheres, permitindo que elas vivam a maternidade sem perder a autonomia para desenvolver outras atividades. Além disso, o vínculo é reforçado, uma vez que o bebê fica amarrado ao corpo da mãe. “É uma peça sustentável. Quando uma parar de usar, pode doar para outra, testemunhando sobre a experiência de utilizar a malha”, enfatiza a professora do MPSMCA, Janaína Motta.

As peças serão entregues no dia 30 de agosto, quando membros do Aconchego e funcionários da UBS Py Crespo irão capacitar as mães ou cuidadores sobre o seu uso. A ideia é expandir a ação para as outras cinco UBS’s administradas pela UCPel, conforme explica a coordenadora do curso de Odontologia, professora Patrícia Guerreiro.

A princípio, serão disponibilizados alguns slings para venda. Além de desfrutar dos benefícios do acessório ou presentear alguém especial com a peça, os interessados em adquirir estarão contribuindo com o projeto. A verba para a confecção das primeiras peças foi arrecadada durante um brechó, organizado pelo grupo e realizado no Mercado Central, no dia 20 de julho.

 

Redação: Manuelle Motta

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*